Liberdade financeira é um mito

A maioria das pessoas, quando começa a trabalhar, entra na
rotina de exercer sua atividade profissional para ganhar o salário ao fim do
mês e ver o dinheiro acabar nas contas. Alguns dias depois de receber, o
indivíduo percebe que já está sem nenhuma quantia até receber novamente, o que
gera um ciclo vicioso de trabalhar para pagar as contas. E, diante disso, será
que a liberdade financeira é um mito?

Para quem, de alguma forma, se acomoda e realmente trabalha
exclusivamente para pagar o que gasta, a liberdade financeira acaba realmente
se tornando um mito, uma utopia, algo que nunca é realmente atingido. No
entanto, para que essa liberdade realmente possa acontecer, algumas mudanças de
postura são necessárias.

O primeiro passo é analisar exatamente o quanto você ganha
por mês e quais são as suas despesas. Depois de colocar isso no papel, você
pode ver se existe alguma conta que pode ser reduzida ou mesmo cortada do seu
orçamento, e já vai sobrar um dinheiro extra. Essa mesma estratégia serve para
que você perceba o quanto pode gastar por mês, e o ideal é estipular uma
quantia fixa para reservar mensalmente.

Fazendo isso, ao longo do tempo você vai ter uma boa reserva
de dinheiro no banco, e isso já é o primeiro sinal de que a liberdade
financeira, no seu caso, está deixando de ser um mito para se tornar uma
realidade. Afinal, se acontecer alguma emergência, você não vai mais se
desesperar, pois tem um dinheiro extra com o qual contar.

Depois que tiver uma boa quantia guardada, pode começar a
fazer investimentos, e é aí que a liberdade financeira pode ser conquistada de
uma vez por todas. Um imóvel pode ser um bom investimento, desde que você saiba
escolher aquele que fique em uma boa localização e saiba valorizá-lo para que,
dentro de certo tempo, possa vendê-lo por um valor maior do que aquele que
pagou. Ações da bolsa também valem como investimento.

Mas toda a raiz da desmistificação da liberdade financeira
começa com um bom planejamento e administração do seu orçamento mensal, para
fazer o dinheiro render.

Veja os detalhes aqui